domingo, 3 de março de 2013

O que é Parafrasear? a citação indireta, segundo Umberto Eco

Bom dia! 
  A paráfrase (ou citação indireta) é um recurso importante para todo bom redator, especialmente para os estudantes universitários. Parafrasear significa "explicar com suas próprias palavras" ideias ou conceitos obtidos em determinado autor (FERREIRA, 2009, p.608).
  Segundo Eco (1983, p.128): "Como ter certeza de que uma paráfrase não é um plágio? Antes de tudo, sua explicação pode ser mais curta do que o original, é claro. Mas há casos em que o autor diz coisas de grande conteúdo numa frase ou período curtíssimo, de sorte que a paráfrase deve ser muito mais longa do que o trecho original.
  Note que fiz aqui duas citações diretas curtas. citações diretas são usadas para apresentar os conceitos e ensinamentos originais de um autor, ao invés de parafrasearmos, mas há casos em que é necessário, ou importante que o recurso da citação seja utilizado.
   Mas, para conferir autenticidade ao texto acadêmico, especialmente para que o mesmo seja considerado científico (que é o objetivo de monografias e tcc's), é fundamental que o universitário vá demonstrando ao longo de seu texto, que as está compreendendo assim, vai transformando-as em texto seu, comparando-as e colocando-se através de seu texto.
   Entretanto, Eco (1983, p.128) destaca que ao invés de realizar citações diretas mas sim, parafrasear, é possível utilizar algumas das palavras contidas nos textos e teóricos consultados, "entre aspas e referindo o autor ao final do parágrafo", sem invalidar a paráfrase, contanto que o acadêmico consiga, efetivamente, explicar com clareza a ideia em questão, sendo necessário que tal explicação por vezes, seja maior do que o texto original. 
 Para melhor exemplificar, tomemos o uso de muitos universitários, que, preocupados em elaborar textos de qualidade sem cometer o plágio, empregam o seguinte recurso: ao redigir a monografia, fazem a citação direta conforme determinam as normas, e no parágrafo seguinte, procuram detalhar a ideia transmitida por aquele teórico, mas com as suas próprias palavras. 
  Tem sido comum também que sejam feitas essas explicações, a do(a) orientador(a), que desta forma, conduz seu orientando(a) a demonstrar sua interpretação sobre a ideia inserida no texto em elaboração. 
 Para adquirir a prática de parafrasear, você pode começar tomando por base textos pequenos, fazer a interpretação das ideias apresentadas, para depois, escrever você mesmo sobre o assunto, pode ser a partir de 2 ou 3 notícias sobre o mesmo tema, é uma questão de treino: ler / interpretar / expressar o assunto com suas palavras.
   Boa sorte e até mais!
Regina Del Buono

Referências: 

ECO, Umberto. Como se faz uma tese. São Paulo: Perspectiva, 1983. 

FERREIRA, Aurélio Buarque de Holanda. Miniaurélio, o Dicionário da Língua Portuguesa. 7.ed.; Curitiba, PR: Ed.Positivo, 2008.

14 comentários:

  1. sou estudante, primeiro período; pedagogia, ainda to meio perdida nesses assuntos, se poder mim, fornecer algumas dicas; agradeço muito.Sandrina Duarte.


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia, Sandrina. Parafrasear um autor significa ler e interpretar o conceito explicado por ele, e escrever com suas palavras o que compreendeu. Caso você tenha outras dúvidas, sugiro que escreva para o meu email, ok ? um abraço!!

      Excluir
  2. legal, vou usar a exercitar paráfrase para melhorar minha dissertação.
    A senhora acha que seria uma boa ferramenta na sua opinião?

    ResponderExcluir
  3. Bom dia, Maicon. Para responder à sua pergunta, publiquei hoje um artigo, cujo link é: [http://www.abntouvancouver.com.br/2015/02/as-citacoes-indiretas-parafrases-e.html]. Espero ter colaborado com você, mas caso queira, poderá escrever diretamente para o meu email, ok ? Um abraço!!

    ResponderExcluir
  4. Gostei, mas como posso colocar a fonte no meu texto parafraseado ? De maneira direta no final com nome,data e ano ou redigir expressando a ideia do autor. Ex: " Fulano defende a ideia de que há certas desavenças diante da sociedade " ou " Há desavença na sociedade. (...) (Fulano, 16de abril, 2001)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia. Que bom que você gostou do meu artigo. Ao parafrasear determinado autor, você deverá mencioná-lo no início ou no final da frase (ou parágrafo), fazendo constar somente o Sobrenome (ano). Se fosse citação direta, deveria mencionar ainda o número da página onde o conceito foi obtido. Seus exemplos (acima) estão corretos, mas deve seguir o padrão: "Fulano (ano)..." ou, "Há desavenças... (FULANO, ano)." Um abraço!

      Excluir
  5. E quando se trata de um texto em língua diferente do que eu estou escrevendo? Mesmo eu citando o autor, a data e a página, verter para a minha língua é plágio? É ou não é uma paráfrase, já que eu não sou tradutora oficial juramentada e acabo escrevendo com as minha palavras o que ao autor escreveu em sua própria língua. Por exemplo: Fonte em inglês e verter para o português, mantendo a referência ao autor, mas não usar aspas em português. Como posso ter certeza, se são as minhas palavras em meu idioma?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde, Lúcia, peço que visite meu artigo de hoje, 21 de fevereiro de 2016, cujo link é: [http://www.abntouvancouver.com.br/2016/02/parafrase-traducao-e-plagio-por-umberto.html].
      Caso você ainda fique com alguma dúvida,peço que escreva diretamente para o meu email,ok? abntouvancouver@gmail.com. Um abraço!

      Excluir
  6. O enunciado desta pergunta apresenta diversos erros de formatação de acordo com a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). como Identifique estes erros e aponte a maneira correta de formatação

    ResponderExcluir
  7. Boa tarde Regina, gostaria muito que você me ajudade pois estou tendo muita dificuldade em responder esta questão:

    A coleta e a análise dos dados nos trabalhos científicos são estabelecidos por regras técnicas e éticas e, portando, são pressupostos o respeito e devida citação das referências, quando utilizadas. O filósofo Umberto Eco descreveu em seu livro “Como se faz uma tese”, a diferença entre o plágio e a paráfrase.
    "Como ter certeza de que uma paráfrase não é um plágio? Antes de tudo, sua explicação pode ser mais curta do que o original, é claro. Mas há casos em que o autor diz coisas de grande conteúdo numa frase ou período curtíssimo, de sorte que a paráfrase deve ser muito mais longa do que o trecho original". Eco (1983, página128)
    a-) O enunciado desta pergunta apresenta diversos erros de formatação de acordo com a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Identifique dois 2 destes erros e aponte a maneira correta de formatação.
    b-) Com base nos conceitos estudados cite e descreva 2 tipos de plágio e justifique acerca dos cuidados a serem tomados na referenciação de fontes e autores.

    Aguardo seu feedback!
    Obrigada

    Edna

    ResponderExcluir
  8. Respostas
    1. bom dia, Rafael, nem sempre consigo responder no mesmo dia, desculpe. aliás, por vezes, eu nem recebo o email do Blogger informando sobre novos comentários a serem respondidos.

      Excluir
  9. ao extrair com minhas palavras meu testo de um livo eu coloco o nome o autor no começo ou no final?tem que conter ano e pagina?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Existem duas formas, basicamente, para você mencionar (citar, referir ou dar entrada) um autor consultado para compor uma frase ou parágrafo em seu texto científico. Ou você inicia a frase dizendo que "Fulano de tal (ano), explica que ...". Uma segunda forma seria você redigir a sua frase/parágrafo, e mencionar a obra/autor consultado apenas no final desse parágrafo. Neste caso, isto poderá ser feito dentro do parênteses, ou fora dele, veja o exemplo no início deste artigo, no qual, o autor foi mencionado no final da frase, dentro do parágrafo. Vamos ao exemplo: "Parafrasear significa "explicar com suas próprias palavras" ideias ou conceitos obtidos em determinado autor (FERREIRA, 2009, p.608). Ainda neste exemplo, observe que se trata de uma citação direta, ou seja, foi utilizada literalmente a explicação dada pelo autor, em suas palavras,e portanto, deve-se mencionar Nome (ano e página). Caso a explicação tivesse sido feita com palavras próprias de outro redator, seria uma citação indireta (ou paráfrase), e portanto, não seria exigida a menção à numeração da página da obra que foi utilizada. Eu espero ter conseguido explicar melhor para você com esta resposta, embora que tenho aqui no blog, publicados, vários artigos explicando cada uma dessas situações, com exemplos e detalhes. Eu agradeço por me consultar, e sugiro que, quando estiver com dúvidas mais urgentes, que escreva diretamente para o meu email, que sempre deixo disponível, ao final de cada post. Ainda assim, lá vai: abntouvancouver@gmail.com. Boa sorte, um abraço.

      Excluir